Notícias
Notícias
29/04/2022
Governo federal amplia redução no IPI para 35%
O governo federal ampliou para 35% a redução no Imposto de Produtos Industrializados (IPI) para uma lista de artigos. O corte anterior era de 25%. O decreto com a medida foi publicado no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (29). O ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia anunciado que o governo tomaria a decisão. O novo corte beneficia um série de produtos industrializados, entre eles: • Calçados • Tecidos • Artigos de metalurgia • Aparelhos de TV e de som • Carros • Armas • Móveis • Brinquedos • Máquinas Segundo o governo, a medida visa ajudar na recuperação econômica do país. De acordo com as contas da equipe econômica, o corte representa uma diminuição da receita do gover...

Breve Análise da Economia Brasileira de 2020/21 e previsões para 2022/23
Marcio Borba - 25/03/2022

Confira os destaques dos principais índices econômicos do Brasil pelo boletim – FOCUS

Uma breve análise da economia brasileira, através de alguns índices, a partir dos dados de 2020 e 2021 e da visão do boletim FOCUS do Banco Central – BACEN de 18 de março de 2022, sobre a previsão para o biênio 2022 e 2023.

A luz dos números divulgados pelo FOCUS, e ainda, numa análise comparativa com os números de 2020 e 2021 a economia brasileira está entrando definitivamente no rumo que todos desejam.

Apesar das oscilações apresentadas pelo FOCUS, no comparativo de 04 semanas, no IPCA, SELIC e IGP-M, verificamos que as projeções para final de 2022 e 2023, nesses e nos demais índices, são positivas, notadamente, se comparadas com os resultados apurados em 2020 e 2021.

Abordaremos então, neste artigo, os índices IPCA, PIB, SELIC, IGP-M e o Investimento Estrangeiro no Brasil.

Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA
Índice utilizado para medir a inflação, o IPCA, base fevereiro próximo passado, ficou em 10,54% a.a. A previsão FOCUS é que termine o ano de 2022 em 6,59%. Portanto, o mercado prevê que a inflação caia até o final de 2022.
Já para 2023 a previsão FOCUS se situa em 3,75%, representando, portanto, uma aposta que a inflação ceda significativamente ao longo deste biênio e conclua 2023, dentro da meta.
Produto Interno Bruto – PIB
Soma de todas os bens finais produzidos pelo país, o PIB de 2021 foi de R$ 8,7 trilhões de reais. A previsão FOCUS é de crescimento em 2022 de 0,5% e em 2023 de 1,3%.
Vindo de um crescimento em 2021 de 4,6%, sobre uma base negativa de -3,9% de 2020, o PIB previsto para este e o próximo ano, representa uma boa notícia para a economia brasileira.
Com o resultado positivo de 2021 o Brasil já tinha voltado ao patamar pré-pandemia (ano de 2019). E com o crescimento previsto para os próximos 02 anos, afastamos definitivamente o fantasma da recessão.

Sistema Especial de Liquidação e Custodia – SELIC
A SELIC nada mais é que a taxa básica de juros da economia brasileira. A SELIC apresenta uma tendência de alta quando analisamos a taxa de 2021 em comparação com a de hoje e a previsão FOCUS para 2022, porém, já apresenta redução na previsão para 2023.
Outro fator que nos leva a acreditar na reversão desta tendência, além da previsão FOCUS para 2023, é a declaração do presidente do Banco Central – BACEN Roberto Campos Neto, nesta semana, que prevê o fim do ciclo de alta da SELIC para maio, no patamar de 12,75%.

Índice Geral de Preços Mercado – IGP-M
O índice muito utilizado no reajuste de aluguéis, depois de bater na casa de 23,14% em 2020 e fechar 2021 em 17,77%, ano que chegou a picos de 37,06% em maio de 2021, teve previsão do FOCUS para fechar 2022 em 10,50% e em 2023 em comportados 4,27%.

Investimento Direto de Estrangeiros no Brasil
Informação bastante significativa, pois representa o termômetro da credibilidade da economia brasileira frente aos investidores estrangeiros, esses investimentos só apresentaram resultado positivo na análise 2020-2023.
Crescimento de 23% de 2020 para 2021. Entre 2021 e 2022, segundo previsão do mercado, novo crescimento de 27%. E por fim, ainda como prevê o FOCUS, novo crescimento, desta feita, da ordem de 18% de 2022 para 2023.

Ao fim e ao cabo, constatamos que o pior dos efeitos da pandemia na economia brasileira já passou. As sequelas ainda irão perdurar por um tempo, mas à luz de todos os índices estudados na análise seriada de 2020 a 2023, verifica-se que voltamos a crescer, a inflação está descrevendo uma descendente, os juros caminham para uma estabilização com tendência de queda, e por fim, os investimentos estrangeiros, expressando a confiança na nossa economia, apresentam crescimento sequenciado.






Outras Notícias

13/05/2022 - A pandemia, a guerra na Ucrânia e a inflação pelo...
29/04/2022 - Governo federal amplia redução no IPI para 35%
29/04/2022 - Conheça os números do Mercado de Combustíveis no Brasil
25/04/2022 - Ministério da Economia anuncia medidas para facilitar...
12/04/2022 - Câmara aprova prorrogação do Pronampe
08/04/2022 - O PIB na Economia Mundial em 2020 - 2021
05/04/2022 - Condic aprova R$ 163 milhões em investimentos para...
02/04/2022 - A Inflação na Economia Mundial em 2020 - 2021
01/04/2022 - Indústrias instaladas em Pernambuco podem receber...
28/03/2022 - Presidente do Banco Central reitera fim do ciclo com...
24/03/2022 - Com alta nos preços de produtos básicos, BC vê...
24/03/2022 - Guedes: Brasil está no início de um longo ciclo de...
23/03/2022 - Empresas de pequeno porte podem financiar até R$ 500...
19/03/2022 - A Força do Banco do Nordeste em Pernambuco
16/03/2022 - Presidente assina MPs sobre garantias rurais e nova...
15/03/2022 - Com Ebtida de mais de R$ 1 bilhão, Taurus se torna a...
11/03/2022 - A Força do Banco Nordeste
24/11/2021 - Prodepe: Atendendo pleito do Ciepe, Governo de PE...
30/09/2021 - Banco Mundial reconhece Brasil como 7º líder em...
25/08/2021 - Atividade do comércio registra alta de 1,2% em julho,...
 
 
Avenida Conselheiro Aguiar 2205 - sala 102 - Boa Viagem - CEP 51.111-011 - Recife/PE
e-mail: secretaria@borbaconsultoria.com.br

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player